terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Qual o batom ideal para o sub tom da nossa pele

Olá Olá,

Hoje o tema é bastante útil, principalmente para as meninas que são novas no mundo da maquilhagem e que às vezes se podem sentir confusas em certas situações.
Mesmo para quem tem mais experiência, todas temos aquelas situações em que há aquele batom que fica excelente na amiga, mas que em nós parece que fica péssimo. Esta situação tem uma explicação bastante simples, está tudo relacionado com o sub tom de pele de cada um de nós.

Sub tom de pele frio:

Caracteriza-se por uma pele pálida, em que chegará ter algumas sardas e vermelhidão. Este tipo de pele tem tendência para ficar facilmente queimada e vermelha quando é exposta ao sol (antes de ficar bronzeada).
Um dos truques que se pode utilizar para distinguir um sub tom frio de um sub tom quente, é ver pela cor das veias do pulso. Geralmente, um sub tom frio, terá as veias azuladas. Também têm tendência para ficarem melhores com jóias prateadas. Aqui, aconselham-se cores com sub tom roxo ou azul, como o vermelho azulado, no entanto devem ter cuidado com cores muito claras de modo a evitar dar um ar pálido ou 'deslavado'

imagem retirada da net

Sub tom de pele quente:

Neste tipo de pele, geralmente média-escura, têm tendência para bronzear facilmente e aguentar bem até ao inverno. Nestes casos, aplicando os mesmos testes, as veias possuem uma cor esverdeada e as jóias ficam melhor em tons de dourado. Os tons quentes são favorecidos por cores também elas quentes, como os vermelhos alaranjados e cores escuras. 

imagem retirada da net

Sub tom de pele neutro:

São os que têm mais sorte, nestas situações costuma até haver dificuldade em identifica o tom certo das veias. Podem optar por tons frios e quentes sem problemas, embora os nudes, rosas e corais sejam must haves para estas pessoas. 

imagem retirada da net



Apesar de tudo, além de nem sempre estas 'regras' estarem certas, a cima de tudo, a escolha parte sempre de quem vai usar o batom e das suas preferências. O que interessa é sentirem-se bem.
Beijinhos, Jéss